terça-feira, 26 de julho de 2011

What a wonderful day


Verona pela primeira vez. Viagem de comboio sonolenta e só interrompida pelo entusiasmo das crianças em passeio de escola. Sim, imaginem italianos em ponto pequeno! Ora nem mais.

Verona é uma daquelas cidades em que se respira antiguidade por todo lado, era de esperar de uma cidade fundada 300 A.C. A Arena é uma das mais antigas, a terceira para ser mais precisa. Mas como seria inevitável há um ponto obrigatório na nossa tour – a Casa de Julieta. Estes italianos não andam a dormir, mas quem mandou Shakespeare citar o nome da cidade donde nunca esteve? É “fake”, mas não deixa de ser um espaço mágico, não tanto pela famosa varanda, mas pelas milhares e milhares e milhares de mensagens deixadas nas paredes. Todos precisamos de acreditar em algo, especialmente quando estamos apaixonados. Precisamos de acreditar que poderá durar para sempre tal como nos romances. Só não percebi porque raio temos de segurar na mama da Julieta!?

Mas os pormenores místicos não ficam por aqui. Um corno que pende na praça onde nasceu a cidade. A lenda diz que o corno cairá quando o homem mais sábio e a mulher mais fiel por lá passarem. Eu bem tentei três vezes…

Imperdível é uma subida ao Castelo de S. Pietro com vista privilegiada sobre o rio Adige e a cidade. Acabem o dia com um prosecco gelado e sejam vagarosos a sentir a cidade. Eu fui uma sortuda porque tive o guia perfeito, incluindo o sorriso.

A minha banda sonora para Verona é »Harvest Moon" Neil Young.

4 comentários:

Lucília disse...

que linda foto :) e que inveja desse passeio! Tenho mesmo de ir visitar-te :) com a condição de irmos a Verona comer gelados!

Sonhadora disse...

Fico à tua espera :D

Luís Aguiar-Conraria disse...

Olá menina, tudo bom contigo?

Sonhadora disse...

Olá Luís! Como estás? Faz tempo que não falamos. Continuas na UM? Comigo está tudo bem. Temos de marcar um café com todos...Fui perdendo o contacto neste último ano.
beijinhos